Uma explicação para o comportamento de éguas que rejeitam sua cria
Uma explicação para o comportamento de éguas que rejeitam sua cria

Uma explicação para o comportamento de éguas que rejeitam sua cria

Os dados mostraram que as éguas que rejeitaram seus potros tiveram uma queda nos níveis de progesterona e prolactina do primeiro até o terceiro dia após o parto, enquanto o estradiol permaneceu inalterado.

Faça o Login ou Cadastre-se

Esse conteúdo é apenas para membros

Leia também

Pesquisa