Uso de Análogos de GnRH na Indução da Ovulação na Reprodução Equina
Uso de Análogos de GnRH na Indução da Ovulação na Reprodução Equina

Uso de Análogos de GnRH na Indução da Ovulação na Reprodução Equina

As características do ciclo estral são variáveis entre os animais domésticos, particularmente os equinos, devido à singular fisiologia reprodutiva desta espécie (GINTHER et al.,2003; GINTHER et al.,1972). A hormonioterapia aplicada para o uso indução da ovulação, por permitir estimar o momento em um intervalo de tempo específico, é de extrema importância (McKINNON e McCUE, 2011). Alguns agentes indutores de ovulação são administrados comumente em éguas no estro para estimular a ovulação, em um tempo programado. Entre os agentes indutores comumente utilizados, têm-se a gonadotrofina coriônica humana (hCG) e o hormônio liberador de onadotrofina (GnRH) (VIEIRA, et al 2012).A maioria das éguas tratadas com hCG ovulam 48 horas após o tratamento (variação de 12 a 72 horas), enquanto a maior parte daquelas tratadas com GnRH ovulam, 36 a 42 horas pós-tratamento (LEY, 2006).

Faça o Login ou Cadastre-se

Esse conteúdo é apenas para membros

Leia também

Pesquisa